26/11/2018 - 18:12 - Atualizado em 29/11/2018 - 09:04

​Case de sucesso: Postal Saúde apresenta resultados do Programa Saúde em Dia

O evento, realizado sem custos para a Operadora, teve ampla participação de empregados e aposentados dos Correios, beneficiários do plano de saúde, e contou com palestra do Dr. Drauzio Varella

Ariovaldo Câmara, presidente da Postal Saúde: "é preciso cuidar da saúde
antes que a doença se instale"

Com auditório dos Correios lotado e transmissão ao vivo para as Superintendências Estaduais de todo o País, a Postal Saúde apresentou na segunda-feira (26), em parceria com os Correios e com a empresa TopMed, os resultados do Programa Saúde em Dia, que atende hoje a mais de 4,3 mil beneficiários no Brasil, de várias faixas etárias.

A cerimônia, que teve início às 10h, contou com a participação dos presidentes dos Correios, general Juarez Cunha, e da Postal Saúde, Ariovaldo Câmara, além de diretores, gestores e empregados das duas instituições e da empresa parceira. Beneficiários do plano de saúde — inclusive aqueles atendidos pelo Programa Saúde em Dia —, e o presidente da Associação Nacional dos Aposentados dos Correios (AAC), Luiz Gonzaga Pereira, também prestigiaram o evento.



Abertura foi feita pelo presidente dos Correios, General Juarez Cunha


Ao abrir a solenidade, o presidente dos Correios destacou a importância da longevidade associada à qualidade de vida. “Vida longa e com saúde é o que todos desejamos. Eu mesmo quero viver e trabalhar até os 95 anos”, disse o general Juarez Cunha, reforçando o valor dos programas de saúde voltados para a prevenção e a qualidade de vida oferecidos aos empregados dos Correios e seus dependentes.


Para Ariovaldo Câmara, a prevenção é o foco dos programas de saúde desenvolvidos pela Operadora, a exemplo dos Programas Saúde da Mulher, em fase de expansão, e Saúde Bucal, ambos de abrangência nacional. “Precisamos cuidar da saúde do beneficiário para evitar que a doença de instale”, afirmou.


A plateia assistiu atenta à apresentação do Programa Saúde em Dia,
seguida de palestra sobre Qualidade de Vida

Um dos pontos altos da solenidade foi a palestra do dr. Drauzio Varella, médico oncologista conhecido por popularizar informações sobre saúde no Brasil, chamando a atenção para a importância da prevenção e do autocuidado (veja mais abaixo os principais pontos da palestra).

A gerente de Programas de Saúde da Operadora, Ana Flávia Boni, detalhou as ações do Programa Saúde em Dia, que tem por objetivo prestar atendimento especializado e personalizado aos beneficiários com algum fator de risco que possa desencadear uma doença ou que necessite de atenção e orientação de uma equipe de profissionais especializados.


Case de sucesso

Os números do Programa Saúde em Dia já são avaliados como um “case” de sucesso pela equipe de profissionais. Dos 4,3 mil atendidos pelo Programa, cerca de 80% apresentaram uma sensível melhora ou estabilizaram seu quadro clínico; apenas 10% da população atendida volta a ser internada (enquanto a literatura médica aponta uma média de 25% de casos de reinternação).

A gerente Ana Flávia Boni (foto ao lado) apresentou os resultados positivos do Programa Saúde em Dia


Outro dado importante é a redução do tempo médio das internações, que era de 11 dias e caiu para cinco dias, evitando riscos de infecção hospitalar, problema muito comum a partir do sétimo dia de internação.

“Alcançamos uma taxa de monitoramento de 90% das internações dos beneficiários do Programa Saúde em Dia”, informou Ana Flávia Boni.

Dos beneficiários inscritos no Programa que ligam para o serviço 0800 para tirar alguma dúvida sobre o seu estado clínico ou que precisam de alguma orientação de saúde, 86% avaliam positivamente o atendimento pela Central 24 horas. “A procura por esse tipo de atendimento entre nossos beneficiários tem sido de 4,3%, acima do índice nacional, que é de 2% no máximo”, explicou a gerente.

Segundo Ana Flávia, as principais patologias monitoradas pelo Programa são: doenças cardiovasculares (34,8%); obesidade (14%); fragilidades apresentadas por pessoas de mais de 70 anos (14%); diabetes (12,7%); câncer (10,9%), doenças pulmonares crônicas (3%).

Depoimento

Durante a solenidade, foi apresentado no telão o depoimento do beneficiário Ariosvaldo Siqueira da Silva, 66 anos, que também estava presente na plateia. “Louvo essa iniciativa do Programa Saúde em Dia. É um diferencial do plano de saúde. A gente se sente bem, cuidado. Agradeço a Deus e aos Correios por esse plano”, disse, sob aplausos do público. A esposa, Francisca Gomes, também apoia a iniciativa. “Acho muito legal”.

Assista abaixo a trechos do depoimento dado em sua casa à Equipe de Comunicação:


Ao ser apresentada ao beneficiário Ariosvaldo, a médica Cristina Broilo, da TopMed, responsável pelas ações do Programa Saúde em Dia, não escondeu a emoção. "Nós acompanhamos a saúde deles [dos beneficiários do Programa] por telefone, e vê-los assim, pessoalmente, é muito significativo para nós", disse. O mesmo entusiasmo foi demonstrado pela diretora-médica responsável, Renata Zobarán.


Drauzio Varella alertou, de forma bem humorada, sobre o perigo
do sedentarismo e dos maus hábitos alimentares


Drauzio Varella: o sedentarismo vai matar mais que o cigarro

Falando em tom de alerta, mas com bom humor, o palestrante dr. Drauzio Varella conscientizou o público sobre a responsabilidade de cada um com a própria saúde objetivando mais qualidade de vida. Ele chamou a atenção para o perigo do sedentarismo e dos maus hábitos alimentares, responsáveis por complicações da saúde em longo prazo. Segundo o médico, doenças como hipertensão arterial, diabetes e depressão são tão comuns que já podem ser consideradas verdadeiras epidemias.

Maratonista, o palestrante de 75 anos disse que é preciso encontrar tempo para praticar atividade física. “O corpo é uma máquina e essa máquina precisa se mover ", alertou. Ele lembrou que o importante é viver o máximo, mas com qualidade de vida.

Drauzio afirmou que para se cuidar não é preciso passar horas na academia de ginástica, nem realizar dietas muito rígidas. E deu um conselho: “Não fumar, não exagerar na comida, controlar o peso. Praticar atividade física, pelo menos 40 minutos, durante 5 dias por semana, é o maior antidepressivo que existe”, disse. “No século XXI, o sedentarismo vai matar mais que o cigarro. E a gente não pode entrar nessa de jeito nenhum”, finalizou.

O evento ocorreu em regime de parceria entre a Postal Saúde e fornecedores, sem custos para a Operadora.


Por: Comunicação/Postal Saúde
Fotos: Comunicação/Postal Saúde