25/10/2017 - 15:25

NOTA DE ESCLARECIMENTO

unnamed-2.png


Sobre a nota publicada no portal da Revista Veja e replicada no blog Correios do Brasil Funcionários, em 24/10, com o título Contas da Postal Saúde são aprovadas em velocidade relâmpago, a Operadora vem a público esclarecer:


1. A aprovação das contas da Postal Saúde no mês de março de 2017 ocorreu em estrita observância dos ditames legais e com técnica contábil exigida para o ato, inclusive com apontamentos de ressalva por parte dos Colegiados.


2. Cabe esclarecer que as contas da Operadora possuem o seguinte rito de acompanhamento e aprovação:

a. Mensalmente são rigorosamente analisadas por seus colegiados, Diretoria Executiva, Conselho Deliberativo e Conselho Fiscal, e encaminhadas à sua Mantenedora, os Correios;

b. Trimestralmente as demonstrações contábeis são submetidas ao crivo da Agência Nacional de Saúde (ANS), em cumprimento à Resolução Normativa nº 160, de julho de 2007. Essas demonstrações são analisadas pelo corpo técnico da agência reguladora que, ao identificar qualquer inconsistência, tem a incumbência de notificar a Operadora para as devidas adequações;

c. Soma-se a essa fiscalização o acompanhamento trimestral da auditoria independente, que valida e atesta as demonstrações contábeis, e divulga seu parecer ao Conselho Fiscal;

d. As contas do exercício são apreciadas pelos órgãos colegiados da Operadora e aprovadas pelo Conselho Deliberativo após parecer do Conselho Fiscal e da Auditoria Independente e publicadas no Diário Oficial da União.


3. Portanto, a aprovação ocorrida em março de 2017 é resultado de uma série de providências de análise, fiscalização e acompanhamento realizadas de forma sistemática e contínua e com prestação de contas a diversos órgãos, não se restringindo a uma única reunião, como a matéria veiculada deixou transparecer.



Diretoria Executiva da Postal Saúde