03/01/2020 - 15:07 - Atualizado em 13/01/2020 - 12:11

Postal Saúde divulga novo custeio do plano de saúde

A Postal Saúde informa que foram aprovadas alterações na forma de custeio do plano de saúde, com o objetivo de garantir os recursos necessários para manter a sustentabilidade do plano CorreiosSaúde II.

A mudança foi aprovada pelo Conselho Deliberativo da Operadora e pelo Conselho de Administração dos Correios, em alinhamento à Suspensão Liminar SL nº 1.264/DF, de 18/11/2019, do Supremo Tribunal Federal (STF), e define os percentuais a serem aplicados na cobrança da mensalidade a partir de 1º de janeiro.

A modificação no regulamento do plano visa a paridade entre a contribuição do empregado e a do empregador, com 50% do valor total das despesas custeadas pelos Correios e 50% pelos beneficiários.

O intuito da Postal Saúde é manter a qualidade da assistência aos mais de 300 mil beneficiários da Operadora, garantindo valores acessíveis e respeitando as novas regras de custeio. Nesse sentido, o plano CorreiosSaúde II continua sendo a melhor opção em termos de custo-benefício para os beneficiários e seus familiares, considerando os valores observados em outros planos do mercado de saúde suplementar.

Para saber com mais detalhes como são feitos os cálculos do novo custeio, como os novos percentuais da mensalidade e tetos de cobrança, clique aqui.