Central do beneficiário

50 anos de Correios em três séculos de história

Postado por Filipe em 20 Mar 2019 15:44


As últimas décadas impressionam pela velocidade com que as transformações ocorreram na história da humanidade e também por seu alcance. E os Correios, em sua trajetória de 356 anos de serviços prestados ao país, sempre buscaram aprender e acompanhar as revoluções do mundo moderno. Os esforços institucionais se intensificaram a partir da criação da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, que neste 20 de março completa 50 anos, com um histórico que se confunde com as grandes conquistas e avanços da própria história do país.

Para conferir a matéria completa, clique aqui e veja no Blog dos Correios.

Esclarecimentos - Matéria da Carta Capital

Postado por Caio Melo em 13 Mar 2019 16:33

Sobre matéria publicada na Carta Capital, reproduzimos abaixo comunicado interno publicado pelos Correios, a Mantenedora da Postal Saúde, no último dia 12.

Primeira Hora Extra - 12/3/2019

Em relação à reportagem “Correios vivem uma guerra silenciosa entre o general e o Kassabismo”, publicada em 8 de março de 2019, a empresa repudia veementemente a forma irresponsável como o veículo tratou de temas relacionados aos Correios e à Postal Saúde. Por isso, julga importante prestar os seguintes esclarecimentos aos empregados:

Designação de membros da Diretoria Executiva

A designação dos vice-presidentes dos Correios segue rigorosamente a legislação vigente: os nomes dos indicados são submetidos à análise e aprovação no Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e Casa Civil e, posteriormente, avaliados pelo Comitê de Elegibilidade (COELE) conforme os requisitos de formação e experiência previstos na Lei n.º 13.303/2016 e nos normativos correlatos aplicáveis.

Com base em tais parâmetros, o atual vice-presidente de Operações, Carlos Roberto Fortner, foi convidado e eleito pelo Conselho de Administração para exercer o cargo, considerando, dentro outros fatores técnicos, sua experiência como ex-presidente dos Correios e ex-vice-presidente de Finanças e Controladoria da empresa.

E, ao contrário do que afirma a matéria, a Diretoria dos Correios vem atuando absolutamente alinhada e focada no resgate da qualidade operacional e do equilíbrio econômico-financeiro da empresa.

Designação de membros de órgãos colegiados e contratação de empregados da Postal Saúde

A Diretoria Executiva da Postal Saúde, da qual participa seu diretor-presidente, Ariovaldo Aparecido da Câmara, é formada por empregados de carreira concursados da mantenedora (Correios), com experiência e históricos profissionais compatíveis com os cargos que exercem.

O Conselho Deliberativo (CODEL), órgão de orientação estratégica e de superior deliberação, é composto por seis membros representantes da mantenedora e patrocinadoras (Correios e Postalis) e dos associados beneficiários, sendo três membros eleitos e três indicados pela empresa. Da mesma forma, no caso dos representantes indicados pela mantenedora, são rigorosamente observados se a experiência e o histórico profissional são compatíveis com o cargo que exercem.

A fim de dar maior transparência ao preenchimento de vagas, a Postal Saúde implementou política de contratação de pessoas, inclusive para gerentes regionais. Nesse sentido, também, a Diretoria Executiva dos Correios deliberou, recentemente, que toda admissão para os quadros da Postal Saúde se dará por intermédio de seleção, com regras e critérios públicos (edital) que já estão em vigor.

Outras medidas saneadoras

São exemplos, ainda, de medidas saneadoras adotadas pela Postal Saúde para aprimorar seus controles internos e a governança: a implantação da área de riscos, compliance e controle interno e a adoção de licitação na contratação de bens e serviços, nos moldes da Lei n.º 13.303/2016 – Lei das Estatais.

Registra-se, ainda, que a Postal Saúde, conforme previsão e regras do órgão regulador do setor, realiza prestação de contas periódica aos Conselhos Deliberativo e Fiscal da operadora, como também à Agência Nacional de Saúde (ANS).

Corregedoria e Comitês Disciplinares

A Corregedoria dos Correios e os Comitês Disciplinares seguem normas internas rigorosas de atuação e têm seus trabalhos acompanhados pela Controladoria Geral da União (CGU). Destaca-se, inclusive, que o nome do empregado indicado para exercer a chefia da Corregedoria é submetido à apreciação prévia da CGU.

Como regra geral, todos os casos de denúncias e quaisquer indícios de irregularidades são de imediato analisados, sob o aspecto de sua admissibilidade, para desencadear, se necessário, apurações a respeito, à luz do melhor interesse público e da transparência.

Resposta à Carta Capital

Os Correios informam que não foram procurados pelo veículo para esclarecer os pontos apresentados na reportagem, o que fere o princípio básico do jornalismo da isenção, que se obtém ouvindo todas as partes envolvidas.

A assessoria de imprensa dos Correios está em contato com a revista Carta Capital para que sejam publicados os esclarecimentos da empresa sobre os temas abordados na matéria.

Edital de Convocação - Assembleia Geral

Postado por Caio Melo em 11 Mar 2019 21:04

Em atenção aos artigos 23 e 24 do seu Estatuto Social, a Postal Saúde, por meio do Conselho Deliberativo, devidamente representado por seu presidente o Sr. Flávio Roberto Fay de Sousa, CONVOCA, pelo presente edital, seus Associados Beneficiários Titulares, para Assembleia Geral Ordinária a realizar-se no dia 25 de março de 2019, às 18h, no Edifício Sede dos Correios - Salão Nobre - Sobreloja, localizado no SBN, Quadra I, Lote A, Brasília/DF, com o objetivo de apurar os votos relativos à eleição de 2 (dois) membros titulares e 2 (dois) suplentes do Conselho Deliberativo da Postal Saúde.

A Operadora ressalta que a presente assembleia substitui a convocação anterior, em função de adiamento do período de votação do pleito.

Flávio Roberto Fay de Sousa
Presidente do Conselho Deliberativo

Eleições 2019 – Adiamento do período de votação

Postado por Filipe em 11 Mar 2019 14:05

Em virtude de questões técnicas envolvendo a parametrização do Sistema Eleja, a Comissão Eleitoral das Eleições 2019, acompanhada por auditor independente, comunica que a votação para eleger dois membros e seus respectivos suplentes no Conselho Deliberativo da Postal Saúde foi adiada para o período de 18 a 25 de março de 2019. O novo cronograma será publicado no hotsite, inclusive com a alteração da data da Assembleia Geral de apuração.

Ressalta-se que o processo eleitoral continua correndo normalmente, apenas o período de votação foi prorrogado.

Assim, os beneficiários que votaram hoje (11) terão seus votos anulados, para garantir a lisura e transparência de todo o processo.

Os titulares utilizarão a mesma senha enviada para a sua residência para votar.

Posta Saúde aposta na prevenção e investe na saúde feminina

Postado por em 10 Mar 2019 17:53


Em 8 de março, comemora-se o Dia Internacional da mulher. A data marca as celebrações em torno da conquista das mulheres por melhores condições de vida, saúde e trabalho. Nesse contexto, a Postal Saúde solidariza-se com as mulheres e lança um olhar diferenciado para o público feminino atendido pelos programas de saúde da Operadora — as empregadas dos Correios e suas dependentes, beneficiárias do plano de saúde, que têm à sua disposição um programa exclusivo para prevenção e cuidados com a saúde.


É o Programa Saúde da Mulher, lançado em 2018 em Brasília (DF), Florianópolis (SC) e Bauru (SP), com foco na prevenção e no diagnóstico precoce do câncer de mama, do colo do útero e das infecções sexualmente transmissíveis (ISTs).

Atualmente, o programa atende a cerca de 350 mulheres, com idades entre 18 e 70 anos ou mais, que aceitaram agendar a consulta com a ginecologista para realizar os exames previstos no programa.

A diretora de Relacionamento com o Beneficiário da Postal Saúde, Daniela Borja, destaca a importância da adesão das empregadas dos Correios ao programa. “Por favor, atendam à ligação das clínicas conveniadas convidando vocês para marcar a consulta com o ginecologista e aderir ao programa”, incentiva a diretora.

Gratuidade do atendimento

Ela lembra que o Programa Saúde da Mulher tem dois grandes diferenciais. Além de focar na prevenção e no diagnóstico precoce de doenças específicas do público feminino, as consultas e os exames feitos por meio do programa são totalmente gratuitos, sem coparticipação das despesas, para facilitar a adesão.

Indicadores positivos

Os indicadores apontam sucesso do programa: presença massiva na primeira consulta médica agendada pela clínica parceira, taxas elevadas de realização dos exames de mamografia e do Papanicolau solicitados pelo médico e encaminhamentos para tratamentos de outras doenças.

No Distrito Federal, por exemplo, todas as 294 beneficiárias inscritas no programa compareceram à consulta médica, quando são solicitados os exames preventivos. Destas, 164 são titulares do plano de saúde e 130 dependentes.

Outro indicador positivo é a taxa de 100% de realização das mamografias solicitadas pelo médico. O Papanicolau, exame de rotina da mulher para detectar o câncer de colo de útero, também alcançou uma excelente cobertura: 86 % de exames realizados.

O ponto forte do programa, portanto, é o foco na prevenção e o diagnóstico precoce, permitindo detectar a doença antes mesmo que ela se instale no organismo.


Caso necessário, a mulher é encaminhada para outras
especialidades médicas para tratar
alguma doença ou disfunção

Encaminhamentos

Os encaminhamentos para tratamento de outras doenças também fazem parte do protocolo de atendimento do Programa Saúde da Mulher. Caso necessário, a mulher é encaminhada para outras especialidades médicas para tratar alguma doença ou disfunção. Assim, o cuidado à saúde é feito de forma integral, sem focar apenas no atendimento ginecológico.

Em Brasília, desde que o programa foi lançado, em março de 2018, 108 mulheres foram encaminhadas para outras especialidades, como mastologia (quando é detectado nódulo mamário), endocrinologista (em caso de disfunções hormonais ou da tireoide), urologista (em caso de infeção do trato urinário), entre outras. Entre as patologias detectadas estão as infecções sexualmente transmissíveis, principalmente herpes, candidíase e tricomoníase.

No Distrito Federal, as cidades-satélites com maior número de inscritas são Ceilândia (59), Taguatinga (58), Águas Claras (40), Samambaia Sul (26), Guará (21), Riacho Fundo (19).


Conheça as clínicas parceiras

Clínica Caputo - Brasília (Distrito Federal)

Endereço: QS 01, Rua 210, Edifício Led Office – Salas 46/47 – Taguatinga (DF)

Telefone: (61) 3051-6262

Clínica FelizMed – Florianópolis (Santa Catarina)

Unidades de atendimento também nas localidades de São José, Navegantes, Balneário Camboriú e Itajaí.

Endereço: Rua São Jorge, nº 25, Florianópolis, Centro.

Telefone: (48) 3771-0400

Clínica CDA Medicina Diagnóstica – Bauru (São Paulo)

Endereço: Rua Antônio Alves, 17-38/17- 58 – Centro- Bauru-SP. O CDA atende pelo telefone (14) 3102-1300.

A Postal Saúde felicita as suas beneficiárias pelo Dia Internacional da Mulher!

Por: Comunicação/Postal Saúde
Fotos: Stock Fotos
Fonte: Gerência de Programas de Saúde/Postal Saúde

Homenagem da Postal Saúde às mulheres. Confira o vídeo

Postado por Arlinda Carvalho em 08 Mar 2019 15:13

Uma mulher empoderada chega onde quiser.
Ela é capaz de mudar o mundo.
Ela sabe o que quer.

Clique no link abaixo e confira o vídeo.

1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9