+ Conteúdo :: Notícias dos Correios

18/09/2017 - 11:41 - Atualizado em 18/09/2017 - 11:57

Somos todos importadores: dicas e informações valiosas para compras em sites internacionais

Confira os serviços dos Correios voltados para compras internacionais e dicas para não ter dor de cabeça com a sua encomenda

Você sabia que você também pode ser um importador? Qualquer pessoa que faça uma compra pela internet em sites do exterior – como os famosos e-commerces da China, por exemplo – está fazendo uma importação. E, como importador – mesmo que eventual e em pequenas quantidades –, está sujeito às regras de importação estabelecidas pelo governo brasileiro. Confira abaixo os serviços dos Correios voltados para compras internacionais e dicas para não ter dor de cabeça com a sua encomenda:


São diversos os serviços de entrega disponibilizados pelos Correios para recebimento de encomendas vindas de outros países. O responsável por escolher o tipo de serviço contratado é o remetente – nesses casos, a loja virtual. Mas você, como comprador, tem o direito de solicitar o tipo de entrega ao vendedor.

Na maioria dos casos, quando os sites internacionais oferecem frete grátis, eles contratam o serviço mais barato, chamado Pequena Encomenda Simples (Small Packet/Unregistered Mail), que não oferece código de rastreamento. Nessa opção, não é possível acompanhar a encomenda e não há qualquer garantia que ela realmente foi postada, por exemplo.

Outra opção muito utilizada é o serviço Pequena Encomenda Registrada (Small Packet/Registered Mail), que oferece rastreamento, mas apenas na chegada ao Brasil e na entrega ao destinatário.

Ambos os serviços, por serem opções econômicas/não urgentes, possuem prazos de nacionalização e entrega mais dilatados, com toda a logística realizada via terrestre. O prazo estimado que os Correios possuem para entregar esses serviços é de 40 dias úteis após a liberação pela fiscalização alfandegária. Em média, desde a postagem, a espera pela encomenda pode chegar a 60 dias úteis (cerca de 3 meses).

Mas existem opções de serviços expressos: basta solicitar ao vendedor do site internacional que encaminhe sua encomenda por uma opção de entrega mais rápida. Os serviços expressos têm prazo de entrega de até três dias úteis para as principais cidades, após liberação da Aduana. Para conferir todos os prazos, acesse o site dos Correios.

Ou seja, a opção de receber rapidamente um produto comprado na China ou nos Estados Unidos, ou em qualquer outro país, é sua. Fale com o vendedor!


Lembre-se: comprar do exterior é fazer uma importação. No Brasil, todas as encomendas importadas estão sujeitas ao controle e fiscalização da Receita Federal, podendo ser tributadas.

Importações de pessoas jurídicas e de pessoas físicas, com valor aduaneiro de até 3 mil dólares, estão sujeitas ao regime simplificado de importação. A alíquota de Imposto de Importação aplicada a essas compras é de 60% sobre o valor aduaneiro da mercadoria, além do ICMS do estado de destino.

As encomendas com valor aduaneiro de até 500 dólares são desembaraçadas por meio da NTS – Nota de Tributação Simplificada e o recolhimento do imposto e do despacho postal ocorre nas Agências de Correio.

Para os demais casos, os Correios oferecem o serviço Importa Fácil, que realiza o desembaraço das encomendas que necessitam do registro de DSI – Declaração Simplificada de Importação, como alternativa à contratação de um despachante. Ao utilizar o serviço, o importador ainda tem a comodidade de pagar o valor do imposto e a taxa do Importa Fácil por boleto bancário e receber a encomenda em seu endereço.

Saiba mais sobre o serviço Importa Fácil no site dos Correios.

Além do controle tributário, algumas encomendas estão sujeitas, ao controle de outros órgãos, como Anvisa , Vigiagro e Ministério do Exército. É o caso de alimentos, bebidas, armas, medicamentos, entre outros. Portanto, antes de realizar sua compra, é importante também verificar se a mercadoria em questão tem permissão para entrar no país, de acordo com as regras brasileiras de importação. Veja no site dos Correios a lista de objetos proibidos ou aceitos sob condições para importação no Brasil.


Para rastrear a sua encomenda, após a chegada ao Brasil, você deve solicitar ao vendedor o código de rastreamento, que é composto por 2 letras + 9 dígitos numéricos + 2 letras. Exemplo: ER123456789US.

As Pequenas Encomendas Simples não possuem código de rastreamento e as Pequenas Encomendas Registradas são rastreáveis apenas nos eventos de chegada ao Brasil e entrega ao destinatário. Entre esses dois eventos, o objeto não recebe outra informação de rastreamento.


Fonte e ilustrações: Blog dos Correios